IoT, ou Internet das Coisas, permite à conexão de todos os tipos de dispositivos que possam coletar, transmitir e compartilhar dados na internet. Logo vem a nossa mente computadores e smartphones, mas não é só isso, hoje podemos ver carros, eletrodomésticos e uma infinidade de equipamentos que podem se comunicar, graças a junção de processadores mais rápidos, pequenos sensores, tecnologia sem fio e a disseminação cada vez maior de smartphones. Hoje, o Brasil conta com uma base instalada de 208 milhões de aparelhos, quase um smartphone por habitante.

As possibilidades são verdadeiramente ilimitadas e IoT tem o potencial de transformar nossos negócios e nosso dia a dia de formas que ainda não podemos imaginar.

No primeiro artigo falamos sobre o conceito de IOT e como o segmento hospitalar está usando essa tecnologia para fazer o controle de enxoval (Confira artigo completo aqui).

Agora, vamos falar de um uso já popular da solução de IOT utilizado em diversos segmentos: o controle de ativos.

Primeiro, o que é um ativo? O ativo faz parte das contas patrimoniais e compreende o conjunto de bens e direitos da organização, possuindo valores econômicos e podendo ser convertido em dinheiro (proporcionando ganhos para a empresa). São bens de uma empresa: veículos, móveis e utensílios, equipamentos e imóveis.

A medida que uma empresa cresce, seus ativos irão precisar de renovação e expansão, além de precisarem sempre ser localizados de forma rápida e fácil na empresa. Para que esse processo ocorra sem perdas, o controle dos ativos deve ocorrer de forma ágil e precisa. Fazer esse controle manualmente pode ser uma tarefa difícil, além de envolver muita gente em um processo que na maioria das vezes se torna impreciso.

Você sabe tudo que tem em sua empresa?

Mas tudo se torna mais eficiente quando aliado a tecnologia. Com o uso de IOT é possível obter ganhos significativos no controle de ativos, evitando furtos e melhorando o processo de inventário.

Veja os benefícios de controle de ativos com IOT nos mais diferentes segmentos:

Industria

Na indústria, a falta de controle de ativos pode causar problemas sérios, tais como linha de produção parada, vendas perdidas e desperdício de dinheiro da empresa. As empresas industriais rastreiam uma variedade de ativos, alguns tão pequenos quanto ferramentas relacionadas ao trabalho, até grandes ativos, como máquinas de produção.

Muitas empresas estão utilizando tags RFID para solucionar o problema de gerenciamento de ativos. Assim é possível rastrear peças de diferentes tamanhos em diversas regiões da empresa, sem perder o tempo do funcionário para ir procura-las.  A melhor utilização da mão de obra é só um dos benefícios, as indústrias ainda contam com melhor planejamento do serviço, redução na compra de ativos novos e melhor aproveitamento dos ativos existentes.

 

Varejo

Todos os tipos de empresas devem fazer o controle dos seus ativos, esse processo é capaz de eliminar as principais queixas a esse respeito: ineficiências no fluxo de trabalho, custos de mão-de-obra, perda de ativos, furtos e a falta de visibilidade de ativos internos. No total, o rastreamento de ativos por RFID pode melhorar os processos e permitir que a loja se torne mais eficiente, voltando seus esforços para medidas mais estratégicas.

 

Centenas de possíveis ativos estão disponíveis para rastrear no setor de varejo que vão desde produtos de limpeza, equipamentos de TI, ​​uniformes e muito mais. A RFID pode ajudar a eliminar alguns processos manuais desnecessários que retardam as empresas e as impedem de operar em um nível mais eficaz.

Saúde

Com milhares de pacientes, funcionários e ativos, hospitais e escritórios de saúde são locais ideais para implementar sistemas de rastreamento de ativos. Os problemas enfrentados pelos hospitais, tais como ativos perdidos ou roubados, podem deixar pacientes sem camas ou sem máquinas críticas para seu tratamento.

Alguns hospitais já estão utilizando a solução para gerenciar seus ativos de alto valor agregado, tais como camas, desfibriladores, tanques de oxigênio e equipamentos de TI. As tags colocadas nesses ativos mostram a posição precisa e a quantidade, podendo ser regravadas quando aquele ativo for utilizado e mudar de status.   Assim o hospital é capaz de rastrear, localizar e fornecer a manutenção correta para equipamentos de alto valor de forma fácil e ágil.

Para maiores informações entre em contato com a Seal, nossos especialistas estão aqui para entender as dificuldades do seu negócio e elaborar um projeto para tornar sua operação mais eficiente, independe do segmento e porte.

Sobre a Seal Sistemas

A Seal é uma integradora de soluções que atua há mais de 30 anos no mercado de computação móvel e captura automática de dados.  A companhia traz soluções do mercado internacional e as desenvolve no Brasil, adaptando à realidade local para melhorar a produtividade e o dia a dia de grandes empresas de varejo e indústria. A Seal foi a responsável por introduzir e difundir no Brasil a cultura de utilização do código de barras, tendo desenvolvido também o primeiro projeto piloto de RFID (identificação por radiofreqüência) da América Latina.

Além disso, também oferece ao mercado as seguintes soluções: ESL (etiquetas eletrônicas de prateleira), Voice Picking (coletores de dados por comando de voz), VBI (Vídeo Business Intelligence), RFID e soluções tradicionais para captura automática de dados (impressoras, leitores de código de barras e infraestrutura para redes sem fio locais e metropolitanas), softwares para gestão de operações de lojas, gerenciamento de performance, entre outros.

Para mais informações, acesse www.seal.com.br